ONU reconhece oficialmente que a canábis tem propriedades medicinais

CANÁBIS ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE SAÚDE

Classificação da OMS para a Cannabis

A Comissão dos Estupefacientes das Nações Unidas (CND) votou a favor da retirada da cannabis e da resina de cannabis da lista de drogas perigosas sujeitas a um controlo mais rigoroso. A Comissão votou a favor da recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS), que reconhece essencialmente o valor medicinal da canábis, transferindo-a para a lista I, muito menos restritiva.

A canábis já não é considerada uma droga perigosa (finalmente!)

A CND deu um passo pioneiro no sentido do reconhecimento das propriedades curativas da canábis, votando a favor da sua retirada da lista das drogas mais perigosas. Em resposta, a OMS recomendou a transferência da canábis para a lista I, que implica um controlo muito menos rigoroso – uma ação que foi apoiada por unanimidade por todos os membros nesta reunião histórica.

A votação foi aprovada por maioria simples dos Estados da UE (com exceção da Hungria) e da América. Vale a pena mencionar a oposição da maioria dos países asiáticos e africanos (com exceção da Índia e de Marrocos, por exemplo). Consequentemente, a cannabis e a sua resina são retiradas do Anexo IV da Convenção Única sobre os Estupefacientes de 1961, o que constitui um marco na história da cannabis.

A decisão da ONU segue as recomendações feitas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) em 2019 para retirar a canábis da lista IV por não ser particularmente prejudicial. Trata-se de uma das mais importantes mudanças na política de combate à droga registadas nas últimas décadas. Até à data, a canábis tem sido classificada ao mesmo nível que outras drogas, como a heroína.

Qual será o impacto desta mudança?

Este é o primeiro passo para acelerar a investigação médica sobre a substância. Já foram demonstrados resultados promissores no tratamento de alguns efeitos da doença de Parkinson, da esclerose múltipla, da epilepsia, da dor crónica ou mesmo de certos tipos de cancro.

As utilizações benéficas da canábis são observadas em muitas doenças, porque tem um efeito em quase todos os órgãos do corpo. Isto deve-se ao facto de os ingredientes activos da planta (canabinóides) activarem o sistema endocanabinóide, que está presente em quase todos os sistemas do corpo.

A decisão da OMS apenas afecta as preparações medicinais e farmacêuticas, não todos os produtos com CBD.

Recomendações da OMS sobre o consumo de canábis

A recomendação da OMS é que os medicamentos à base de CBD com menos de 0,2% de THC sejam isentos do controlo de drogas, como já acontece com o CBD puro. O regulamento apenas afecta as preparações farmacêuticas para fins terapêuticos, deixando de fora os produtos de CDB que não estão regulamentados como tal.

Apesar de a planta ter sido retirada da classificação dos estupefacientes mais perigosos, o seu uso recreativo continua a ser proibido ao abrigo do direito internacional. Por outras palavras, a decisão atual não aborda nas suas recomendações os chamados produtos de CBD de cânhamo, utilizados para fins não medicinais. No entanto, mais de 50 países lançaram programas para promover políticas e investigação sobre as propriedades curativas da canábis.

Ainda há algum caminho a percorrer

O verdadeiro debate sobre os produtos com CBD reside na definição do que é para uso farmacêutico ou medicinal e do que é para uso como suplemento dietético. A diferença pode residir na dose diária recomendada. Ficaremos a conhecer estas decisões quando a União Europeia regulamentar o CBD como um novo alimento.

Venda grossista de óleo CBD

A canábis é uma das plantas medicinais mais antigas da humanidade e estamos felizes por saber que está mais perto do lugar de honra que merece. Pela nossa parte, na Cannactiva, continuaremos a defender os produtos de cânhamo.

Controlamos a planta durante o seu crescimento, cuidando de todos os pormenores para obter produtos de CBD da melhor qualidade possível. Não utilizamos pesticidas ou herbicidas nas nossas culturas e alimentamos as plantas com paixão. Os processos utilizados no fabrico dos nossos produtos são os mais avançados do mercado. O melhor de tudo é que os nossos produtos são testados em laboratórios certificados por terceiros para garantir a excelência na qualidade e segurança do produto. Acreditamos na transparência durante todo o processo de produção e venda dos nossos produtos CBD. Descubra o que há de novo no nosso sítio Web e o que a canábis pode fazer por si. Gostamos de lhe trazer o melhor da natureza!

Isidre Carballido
Fundador e CEO da Cannactiva | Especialista em Cannabis

Mi Cesta0
There are no products in the cart!
Continue shopping
Conversa aberta
1
Precisa de ajuda?
Olá!
Podemos ajudar-vos?
Atenção Whatsapp (segunda a sexta-feira/ 11am-18pm)